LiteromaQuia ::: textos de Pablo Antunes é o blog que reúne alguns dos meus textos, principalmente narrativas breves e poemas.

Acompanhe LiteromaQuia também no Facebook

+

+
Acompanhe a fanpage do livro "De Pernas Abertas" no Facebook

+

+
Acompanhe a fanpage do livro "Contos Perigosos" no Facebook

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

TerŞarau de 16 de dezembro

Hoje à noite celebraremos a última edição do ano do TerŞarau.

















Dezembro encerra o ano e traz consigo a última edição do TerŞarau. Reunindo poesia, textos em prosa e canções, o evento que ocorre nas terceiras terças-feiras de cada mês aquece as noites de Canela com arte e cultura desde abril. Em 2014 foram quase cem poemas e textos recitados e interpretados em edições temáticas que abordaram a felicidade, a saudade, a loucura, o amor, a solidão, o tempo, os sonhos e a liberdade. Para celebrarmos essa paixão literária, nesta terça-feira, 16/12, será apresentada uma seleção dos melhores momentos do ano.

Reserve essa noite para um encontro com Mário Quintana, Fernando Pessoa, Carlos Drummond de Andrade, Pablo Neruda, Vinicius de Moraes, Florbela Espanca e muitos outros.

Com Pablo Antunes, Rosane Costa Warken, Tania Limberger e convidados.

O quê? TerŞarau
Tema? Os melhores do ano
Quando? Terça-feira, 16 de dezembro
Onde? Aroma Literário (Av. Oswaldo Aranha, 378, Canela/RS)

Acessem a página do TerŞarau no Facebook para se manterem informados sobre este e futuros eventos.

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Novo livro: "Contos Perigosos"

Reunindo sete contos e um poema, o meu segundo livro, cujo título é Contos Perigosos, será lançado em fevereiro de 2015 pelo selo Redondeza Contos da Editora Multifoco.

A quem são estes contos perigosos? Àqueles que temem qualquer coisa que lhes fuja da mínima situação de conforto e segurança? Aos que mantêm a frágil ilusão de algum controle na vida? A quem acredita nas próprias mentiras que conta para si? Aos que entendem que o trabalho criativo pode ser rotulado e classificado em categorias estanques? Ou para aqueles que acreditam que as suas teorias podem explicar tudo o que houve, o que há e o que haverá? Talvez para aqueles que estejam certos de que a censura e o controle sejam a solução para abafar os questionamentos que tanto os amedrontam e para os quais não encontram respostas? Ou ainda para aqueles que estão descobrindo que viver é estar à mercê do imponderável em um jogo em que a ética e a moral são conceitos humanos e não naturais? Ou para o autor que expõe o seu mundo interior, o seu avesso, como quem conta o seu sonho mais vexatório? Estes são contos perigosos para quem? Se ainda não souberes, cuidado, porque, em algum momento, eles podem ferir.

São eles: 
A mãe do pintor
Coelho e Guerra
O escândalo de Dmitri Trimidt
O pai que não foi
Sob escuras tintas
Como se fosse o mundo inteiro, como se fosse nada
Naqueles dias devassos em que a vida dançava agarrada à morte
Eu Pablo.

Sete contos e um poema. Contos perigosos. Poemas infiltrados nos contos. Versos e frases coabitando em relações perigosas. Triângulos desafiadores entre o drama, a prosa e a poesia. Estes são contos perigosos. Foste avisado.


Acompanhe a fanpage de Contos Perigosos em facebook.com/contosperigosos.