LiteromaQuia ::: textos de Pablo Antunes é o blog que reúne alguns dos meus textos, principalmente narrativas breves e poemas.

Acompanhe LiteromaQuia também no Facebook

+

+
Acompanhe a fanpage do livro "De Pernas Abertas" no Facebook

+

+
Acompanhe a fanpage do livro "Contos Perigosos" no Facebook

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

TerŞarau de 20 de dezembro

Nesta terça-feira, 20/12, realizamos a última edição do TerSarau em 2016, na qual foi prestada uma homenagem a um dos maiores poetas brasileiros com o tema: "O centenário de Manoel de Barros".  

O escritor Pablo Antunes interpretou poemas do singular poeta mato-grossense, bem como textos em versos e prosa de autores que foram influenciados por seus versos oníricos e sinestésicos repletos de "desimportâncias e grandezas ínfimas".


De maneira especial, o TerSarau foi apresentado no dia seguinte à data em que se celebrou os 100 anos de Manoel de Barros, o poeta que dedicou à natureza, à visão de mundo infantil e à sensibilidade humana o melhor do seu lirismo com um reinventar constante da realidade

Mais uma vez, ao final do nosso sarau tivemos um aprazível momento em que conversamos a respeito da poesia e da abordagem única que Manoel de Barros empregou à realidade.

Agradeço aos interessados e presentes nessa noite especial no Aroma Literário para prestigiar o evento.


Os poemas e textos recitados e declamados foram os seguintes:
"O rio que fazia uma volta atrás de nossa casa" de Manoel de Barros
"Eu queria usar palavras de ave para escrever" de Manoel de Barros
"Eu tenho um ermo enorme dentro do olho" de Manoel de Barros
"Descobri aos 13 anos que o que me dava prazer" de Manoel de Barros
"XIV de Mundo de Pequeno" de Manoel de Barros
Trecho de "Com o vaqueiro Mariano" de João Guimarães Rosa
"VII de Uma didática da invenção" de Manoel de Barros
"Autorretrato Falado" de Manoel de Barros
Trecho de “Sobre dicionários e necrotérios” de Rubem Alves
"Despalavra" de Manoel de Barros
"Gorjeios" de Manoel de Barros
"Miudádivas, pensatempos" de Mia Couto
"O apanhador de desperdícios" de Manoel de Barros
"O fazedor de amanhecer" de Manoel de Barros
"Retrato do artista quando coisa" de Manoel de Barros
"À manoelês" de Pablo Antunes
"O menino que carregava água na peneira" de Manoel de Barros

Acompanhe a fanpage do TerSarau em https://facebook.com/tersarau para ver mais fotos e para ser informado a respeito das próximas edições em 2017.